A sustentabilidade é o assunto que está em voga em diversos segmentos. E no mercado imobiliário não poderia ser diferente: cada vez mais os consumidores estão se conscientizando e buscando por moradias que cumpram medidas de preservação ao meio ambiente.

O crescimento das “construções verdes” pode ser verificada no aumento pela procura da Certificação Leed (sigla em inglês para Liderança em Energia e Design Ambiental). Este selo é mundialmente utilizado para qualificar um empreendimento sustentável e está presente em mais de 160 países. Em 2019, o Brasil ocupava a 6ª posição no ranking de iniciativas. Tal colocação figura que nosso setor imobiliário está em amadurecimento.

É certo que a maioria dos edifícios sustentáveis podem ter um custo elevado, devido às adaptações em sua construção. Mas, além de ajudar o planeta, o valor investido tem retorno, mesmo que a longo prazo, com a economia de recursos, principalmente de água e energia. Vale informar que a valorização de um imóvel sustentável pode chegar a 30% após ser entregue.

Agora, se você busca economizar ao adquirir um apartamento que tenha baixo impacto na sua construção, com ótimas condições de financiamento, conheça os empreendimentos da VIBRA!
Em nossos condomínios temos:

  • Paisagismo sustentável;
  • Coleta seletiva de lixo;
  • Projeto com conforto acústico, térmico e lumínico;
  • Sensores de presença em corredores;
  • Lâmpadas econômicas nas áreas comuns;
  • Portas e guarnições com madeira certificada;
  • Medição individualizada de gás e água;
  • Elevadores com chamada inteligente;
  • Captação e reúso de águas da chuva;
  • Torneiras e vasos sanitários com dispositivos economizadores de água nos apartamentos e áreas comuns.