DICAS DE DECORAÇÃO: INSTRUMENTOS MUSICAIS

 

Os instrumentos musicais não só deixam o seu apê mais descontraída com seus sons, como também dão um toque super especial na sua decoração. Quer dicas de como utilizá-los da melhor forma, de acordo com a estética do seu apartamento? Então confira essas dicas!

Qual o estado de conservação do instrumento?

É muito importante observar se o seu instrumento musical está bem conservado ou se aparenta ser mais antigo. Isso porque é este estado físico que irá ditar em qual ambiente a peça ficará mais harmônica. Sendo assim, as decorações mais modernas e elegantes pedem objetos novos e de bom acabamento, enquanto estilos mais rústicos ou vintage aceitam muito bem aquele instrumento que já passou por gerações na sua família.

Qual o tipo e o tamanho do seu instrumento musical?

Quando falamos em instrumentos musicais também precisamos considerar os seus diversos tamanhos, já que você pode ter desde um pequeno violino até um grande contrabaixo acústico.

Se você possui um piano ou uma bateria, por exemplo, será preciso calcular o espaço disponível para a circulação ao redor da peça, que deve ser em média de 1 metro. Tem espaço suficiente? Então é hora de decidir se você quer que o instrumento tenha destaque no ambiente ou que seja um objeto coadjuvante. Para ser uma peça central, posicione-o no centro de uma parede ou do ambiente escolhido. E para integrá-lo à decoração, opte por colocá-lo no canto do cômodo, mas lembre-se de não exagerar na decoração em volta!

Agora, se você possui um instrumento menor como violões, guitarras, baixos e saxofones, por exemplo, pode exibi-los em suportes na parede ou no chão.

Qual o valor do instrumento?

Se o seu instrumento musical for raro, caro ou tiver um grande valor afetivo, como aqueles que passam por gerações, a dica é investir em caixas de vidro, que podem ser penduradas como quadros ou embutidas na parede com uma iluminação que destaque a peça. Além de realçar o objeto de forma sofisticada, as caixas protegem o instrumento contra a poeira e a umidade.

Tem mais de um instrumento musical? Ótimo!

Para quem possui mais de uma peça ou até mesmo coleciona instrumentos, a decoração pode ficar ainda mais descolada! Uma ótima maneira para compor o ambiente é agrupá-los por tipo, posicionando-os juntos, lado a lado, seja em uma parede, em algum móvel ou até mesmo em um suporte de instrumentos no chão.

Se os itens são de médio porte, como violões e guitarras, experimente coloca-los na parede, em uma área delimitada. E aqui vai uma dica bônus: instrumentos mais coloridos, pedem uma parede com tons neutros. E o oposto vale para os objetos com cores neutras, que irão se destacar com um fundo mais chamativo!

Para decorar usando instrumentos menores, como gaitas e flautas, invista em um móvel com tampo de vidro ou um armário como uma cristaleira, por exemplo. Assim os itens ficam visíveis e protegidos.

Que tal renovar seu instrumento?

Já considerou uma reforma para o seu instrumento antigo? Procure por um luthier para consertar os defeitos e renovar a pintura. Quem sabe você até não fica inspirado a aprender ou voltar a tocar?

 As cases também podem ser objetos decorativos!

Se o instrumento vai ficar exposto, onde armazenar a case? Não se preocupe! Na nossa decoração também tem lugar para ela!

Das mais usados, cheias de adesivos, até as mais elegantes, com interior aveludado: as cases podem servir como peça decorativa ao serem fixadas na parede ou até um novo móvel, quando adaptadas para uma mesa de centro, por exemplo!

E então, você tem um violão ou outro instrumento guardado por aí? Vamos decorar!