Quem não gostaria de comprar uma casa ou apartamento por um valor mais em conta, não é mesmo?!

Para isso, uma boa estratégia pode ser comprar um imóvel na planta. Esse é um tipo de aquisição um pouco diferente da compra de um imóvel pronto e possui algumas particularidades. 

Para entender o que é todo esse processo e tirar suas dúvidas sobre o assunto, confira as informações que a Vibra Residencial preparou para você!

Como funciona a compra de um imóvel na planta

Esse procedimento de compra se divide em duas etapas: 

Assinatura do contrato

A primeira delas é a fase de pré-entrega das chaves, onde é feita a assinatura do contrato. Então, neste período o comprador oferece um valor de entrada que será usado para dar andamento às obras.

Além do valor de entrada, também é negociado o valor das parcelas que serão pagas durante o processo de construção. Neste caso, o único valor semelhante a juros pago no valor das parcelas é a correção monetária com base no INCC (Índice Nacional de Construção Civil).

Entrega das chaves

A segunda etapa é a da entrega das chaves. Quando for realizada essa entrega, o comprador deve fazer uma vistoria no imóvel após sua liberação.

Nessa visita, o novo proprietário analisa se tudo está correto ou se algum detalhe precisa de reparo, como em casos de infiltração, nível do piso, e etc. 

Além disso, se necessário, a equipe técnica fica prontamente à disposição para fazer a manutenção.

Quais documentos comprovam a compra de um imóvel na planta?

A documentação necessária para o financiamento de um imóvel na planta inclui alguns detalhes importantes. 

Primeiro, é feita a análise de crédito junto ao banco. Depois de aprovada essa análise, é preciso assinar um documento chamado Compromisso Particular de Compra e Venda. Ele serve para comprovar que agora o imóvel está no nome do comprador.

Além disso, o novo proprietário também recebe o Memorial Descritivo do Imóvel. Com esse documento, construtora e comprador confirmam que todo o combinado foi entregue. 

E, por fim, também é emitido o Habite-se. Fornecido pela prefeitura, ele declara que as obras no imóvel foram concluídas. Assim, com esse documento em mãos, já é possível fazer a mudança.

Leia também: Tudo o que você precisa saber antes de comprar seu primeiro imóvel

Por que vale a pena comprar um imóvel na planta?

Comprar apartamento na planta

Comprar um imóvel na planta garante uma série de vantagens que torna esse tipo de aquisição bem interessante. Confira alguns dos benefícios a seguir:

  • Preço mais acessível: a compra de um imóvel na planta costuma ter um valor mais acessível. Para famílias que desejam economizar e ter um imóvel no mesmo padrão de um modelo pronto, é uma opção bem interessante;
  • Melhor planejamento: ao pagar as parcelas antes do imóvel ficar pronto, é possível se planejar quanto a outros gastos futuros, como a compra da mobília da casa e outros detalhes;
  • Valorização do imóvel: se futuramente o proprietário desejar vender o imóvel, o seu valor de mercado pode aumentar significativamente. Isso porque um imóvel costuma valorizar com o tempo e o retorno financeiro é quase certo. Portanto, investir é o caminho!

Comprar um imóvel na planta pode ser a sua melhor decisão!

Com planejamento e organização, você pode comprar um apartamento na planta e garantir todas as vantagens que esse tipo de negócio envolve. Assim, realizar o sonho da casa própria é mais simples e você pode acompanhar toda a evolução de perto!

Ficou alguma dúvida sobre esse assunto? Então fale agora mesmo com um de nossos corretores no site da Vibra Residencial! Nossa missão é facilitar o financiamento do seu imóvel e te ajudar em todas as etapas!