Sair da casa dos pais sem passar sufoco é o desejo de muitas pessoas que decidem morar sozinhas.

Reconhecida como um grande símbolo da vida adulta, essa mudança significa ter mais liberdade para viver e não ter que dar satisfações a ninguém. No entanto, as responsabilidades são maiores: é preciso cuidar da casa, das despesas e muito mais.

Mas como passar por esse processo sem traumas ou maiores dificuldades? A Vibra tem as respostas! Confira todas as dicas que preparamos a seguir.

1. Faça testes antes da mudança

Se você está no processo de comprar um apartamento e ainda não mudou, uma boa dica é realizar testes desde já. 

Comece preparando o almoço ou jantar, lave sua roupa, faça pequenos serviços de manutenção da casa e adote hábitos como se já estivesse morando sozinho. Pense que sem qualquer pessoa para ajudar nas tarefas, a responsabilidade de manter o lar em ordem será toda sua.

2. Cuide bem do seu dinheiro

Um bom parâmetro para ter ideia de como será a vida sem os pais é analisar como você cuida do dinheiro hoje. Gasta muito com supérfluos? Compromete boa parte da renda com o cartão de crédito? Faz a maioria das refeições em fast-foods?

Uma mudança de vida como essa requer um controle financeiro bem maior. Portanto, é importante que haja uma boa estabilidade financeira para que todas as contas sejam pagas em dia.

Procure priorizar o seu financiamento e certifique-se sempre de que ele será pago em dia, assim como as contas de água, luz, internet e etc.

Leia também: 5 dicas para economizar e comprar seu apartamento

3. Tenha sempre uma reserva financeira

Morar sozinho
Quem mora sozinho sabe que é fundamental guardar uma reserva financeira para qualquer emergência que possa surgir. 

Seja na manutenção do imóvel, como em uma situação de demissão inesperada, é importante se precaver para não cair nas dívidas. Nestes casos, o ideal é guardar uma quantia de pelo menos três meses de gastos para ficar mais tranquilo.

Se for o caso, procure complementar a renda e buscar outras formas de ganhar dinheiro, dependendo do seu tempo e disponibilidade.

4. Prepare-se emocionalmente

Não é só a parte financeira que pode trazer dificuldades para quem mora sozinho. Estar longe da família e de amigos próximos também é um problema que afeta muitas pessoas e acaba trazendo tristeza em alguns casos.

Então, se possível, faça visitas frequentes a essas pessoas ou chame-as para passar um tempo junto com você. Além disso, é importante realizar atividades que trabalhem a mente, como estudar, praticar exercícios físicos e tirar um tempo para sair e conhecer novas pessoas.

Ter essa rotina ajuda na adaptação desse tipo de mudança e torna tudo mais simples e agradável.

Sair da casa dos pais sem passar sufoco é possível, sim!

Mesmo que seja uma mudança de vida completa, sair da casa dos pais é uma das experiências mais transformadoras que uma pessoa pode ter. É essencial preparar-se para essa nova etapa!.

Morar sozinho e ter uma nova vida é um dos seus objetivos? Então realize-o com a Vibra Residencial! Aqui você encontra o apartamento dos seus sonhos e com todas as facilidades de financiamento que você precisa. Acesse o site e confira!